Alencar Garcia de Freitas: 2014, o ano das promessas

28 de maio de 2014
Até outubro deste ano, os brasileiros serão vítimas de inúmeras promessas: junho/julho, a conquista do hexa, e daí para frente, até outubro, as promessas dos candidatos a deputados estadual e federal, senador, governadores e presidente da República;

- a primeira promessa – conquista do hexa – vai depender de Luiz Felipe Scolari, Carlos Alberto Parreira e dos seus pupilos nas arenas brasileiras;

- no segundo momento, quanto aos candidatos a deputados estadual e federal, senadores, governadores e presidente da República as promessas devem ficar para cumprimento, se eleitos, em 2015;

- a exceção ficará por conta dos governadores e presidente da República, que, candidatos à reeleição – com a caneta e as chaves dos cofres na mão – poderão cumprir o que prometeram ainda este ano.

Dos que não estão no poder e estarão tentando chegar lá, chegando, só poderão cumprir o prometido – se é que cumprirão – em 2015. Assim, os eleitores terão que esperar mais algum tempo...

Até antes das eleições, eles vão ouvir as promessas mais esdrúxulas que se pode imaginar: o pernambucano Eduardo Campos prometendo mundos e fundos para o povo do Norte/Nordeste;

- e o mineiro Aécio Neves prometendo, por exemplo, aumentar espetacularmente o valor do Bolsa Família, promessa por demais tentadora para os beneficiários desse programa social, algo de grande interesse para os candidatos e para os pobres deste país;

- e no caso particular do Espírito Santo, sua promessa é dar especial atenção ao nosso Estado! Será?

Já imaginaram um mineiro privilegiando os capixabas? Só mesmo promessa de véspera de eleição!

E o pior é que ainda tem eleitor que acredita nessas promessas malucas, como se não bastassem as tantas promessas feitas e não cumpridas nem mesmo pelos que estão no poder já faz algum tempo.

Está na cara que algumas promessas são apenas para ganhar eleição.
Acorda, eleitor! Não se deixe enganar mais uma vez com promessas políticas de véspera de eleição!

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49